Sinais da primeira dentição

O período da dentição pode ser bastante stressante tanto para a criança como para os pais. Os sinais de dentição geralmente aparecem pela primeira vez nos seis meses de idade, mas por vezes podem aparecer mais cedo. O processo de dentição normal encerra aos três anos de idade, quando todos os dentes de leite se desenvolverem. Mas por volta dos seis anos de idade o processo começa novamente, mas desta vez com a reposição dos dentes de leite pelos dentes definitivos. .

O processo de dentição é normalmente acompanhado por um conjunto de sintomas, que ocorrem cerca de quatro dias antes do dente nascer, e dura mais cerca de três dias. Os dentes normalmente crescem aos pares e na maioria das crianças o primeiro dente a nascer é o incisivo central inferior, ou os dois dentes frontais inferiores. O intervalo de tempo entre cada nascimento de dentes é muito individual e difere de criança para criança. No entanto, existe um calendário específico que pode acompanhar para saber o que esperar no que toca à primeira dentição.

Sintomas da primeira dentição

Os sintomas da primeira dentição variam bastante em cada criança, pode ser um processo com desconforto suave que dura poucos dias, e outros podem ter um processo bastante doloroso e mais longo.

Os sintomas e sinais comuns são:

  • Gengivas inchadas, vermelhas
  • Babar (mais do que o normal)
  • Esfregar as gengivas
  • Morder, mastigar ou sugar qualquer coisa que consiga atingir. Brinquedos, dedos, utensílios domésticos, etc.
  • Bochechas e cara avermelhadas, algumas vezes têm também as bochechas quentes
  • Esfregar o ouvido do lado em que o dente irá nascer
  • Redução do apetite, especialmente em alimentos sólidos, pois mastigar torna-se desconfortável
  • Problemas em dormir e acordar mais vezes durante a noite. Alguns pais afirmam que os sintomas pioram durante a noite. A razão está provavelmente ligada ao facto da criança se encontrar ensonada e cansada, por isso mais enervada, fazendo com que tudo seja mais exagerado do que durante o dia.
  • Irritabilidade
  • Chorar mais que o normal
  • Refluxo de tosse ou engasgamento - babar excessivamente pode fazer com que o seu bebé tussa ou se engasgue. A não ser que a sua criança tenha outros problemas, como por exemplo constipação ou alergias, isto não deve causar problemas com a respiração.

O que pode fazer para ajudar o seu bebé

Sabemos que é difícil ouvir o seu bebé chorar inconsolavelmente, sentindo que não existe nada que pode fazer para o ajudar. Um pouco de conforto ajuda sempre, por isso não hesite em oferecer ao seu bebé muitos mimos.

Existem algumas coisas adicionais que poderá considerar para fazer do processo da primeira dentição um pouco mais fácil. Saiba mais sobre remédios para a primeira dentição que podem ajudar a reduzir os sintomas, como géis calmantes para gengivas doridas. Ofereça também ao seu bebé brinquedos seguros onde ele possa morder e massajar a gengiva. .

O babar excessivamente pode fazer com que o queixo do seu bebé fique irritado, por isso assegure-se que limpa o queixo dele com um tecido suave o mais frequentemente possível. Pode também proteger gentilmente a pele do queixo do seu bebé com um creme oleoso (creme para os mamilos também serve).

Mais uma nota importante

Alguns especialistas ligam a diarreia e febre a sintomas da primeira dentição, no entanto, lembre-se que uma febre superior a 38,9⁰C não deve ser considerada como um sintoma da dentição, mas sim um sintoma que deve ter ajuda médica. Diarreia ligeira pode ser causada devido à criação de baba excessiva durante o processo da primeira dentição, contudo, não deve ser ignorada. Se verificar algum destes dois sintomas, contacte o seu médico para determinar a causa real destes problemas.