Dentição e assaduras da fralda – têm ligação?

Assim que a primeira dentição começa, muitos bebés experienciam um grande conjunto de sintomas: babar, morder, esfregar a cara, irritabilidade, gengivas inchadas, etc. No entanto, existe um sintoma que tem sido assunto de discussão entre pais, e também responsável por dividir pediatras em termos de opinião em todo o mundo. A ligação entre a primeira dentição e a assadura da fralda não é totalmente clara, e os médicos têm diferentes teorias sobre a correlação entre ambos os sintomas.

O que é uma assadura da fralda?

A assadura da fralda é fácil de reconhecer. Poderá reparar em manchas vermelhas e brilhantes na pele em sítios que estão em contacto direto com a fralda molhada. A principal causa é a pele húmida que é suscetível a danificar-se devido a fricção e atrito. A pele danificada é uma porta aberta para bactérias, enzimas e outros componentes agressivos que são normalmente encontrados na urina e fezes.

A primeira dentição causa assadura da fralda?

Como indicámos anteriormente, não existe uma resposta de “Sim” ou “Não” para esta pergunta. Alguns médicos acreditam que o processo é bastante claro e geralmente aparece nesta ordem: Dentição -> Diarreia -> Assadura da fralda

O processo da primeira dentição provoca uma quantidade excessiva de baba, em que parte dela será engolida pelo seu pequeno. Esta grande quantidade de baba na barriga do seu bebé pode interferir com a sua digestão e causar diarreia ligeira, que poderá resultar em pele irritada e assaduras da fralda. Mesmo que a sua experiência a leve a concordar com esta teoria, existe uma coisa importante que deve lembrar-se. Diarreia intensa, especialmente acompanhada de letargia, vómitos ou febre alta superior a 38,9⁰C, deve ser justificação suficiente para ir ao médico urgentemente, uma vez que os sintomas apresentados não têm nada a ver com a primeira dentição do seu bebé, mas sim com outra coisa.

Durante o período em que o primeiro dente aparece, muitas mães reduzem a amamentação ou cessam completamente. Por isso a imunidade dada pela mãe através da amamentação é diminuída. O seu bebé fica mais suscetível a várias infeções. Isto poderá confundir sintomas. Por isso as mães podem relacionar a diarreia com a primeira dentição, em vez de considerarem de poder ser um sinal do sistema imunitário do bebé a responder. Se o seu bebé tem diarreia, primeiro verifique se existe alguma alteração no padrão de amamentação, se sim a diarreia estará provavelmente relacionada com uma infeção. Se não existem alterações, verifique se existem outros sinais da primeira dentição. Lembre-se que a diarreia poderá conduzir a desidratação nos bebés muito mais rapidamente do que nos adultos e se for relacionada com a primeira dentição, não deverá demorar mais do que três dias.

A diarreia é muito stressante para a pele. A humidade e ácido podem ser bastante prejudiciais para a pele, sendo a assadura da fralda o resultado.

Apesar de muitos pais verificarem o mesmo sintoma nos seus filhos (primeira dentição, diarreia e assaduras), alguns especialistas continuam a descordar com esta teoria. Eles assumem que a diarreia e a assadura da fralda não são causadas pela primeira dentição, mas sim por outros fatores, como alterações na dieta (comer sólidos ou beber muitos sumos de frutas), toma de antibióticos, infeções fúngicas ou bacterianas, irritações causadas por um novo produto ou exposição prolongada a fezes ou urina. Uma possível explicação pode estar na necessidade dos bebés mastigarem: mastigar objetos domésticos e materiais não lavados, significa que o bebé pode estar a ingerir germes que podem levar a diarreia ligeira.