Causas de dor na amamentação

Muitas mães inexperientes acreditam que ter dor durante os primeiros dias de amamentação é normal. Apesar de demorar algum tempo até que você e o seu bebé encontrem a posição perfeita para que o bebé possa mamar corretamente, o ignorar a dor pode significar que os seus mamilos possam sofrer danos e fiquem doridos. Mamilos doridos fazem com que amamentar seja muito doloroso, e poderá resultar em ingurgitamento e mastites se começar a saltar sessões para evitar a dor. A sua produção de leite também irá reduzir devido ao fraco consumo. Por isso é muito importante determinar qual a causa da amamentação ser dolorosa para si e fazer algo para isso.

Mamilos doridos e gretados

A causa mais comum de dor na amamentação é uma técnica de sucção errada. Quando o bebé está a mamar corretamente, significa que todo o mamilo e a auréola está dentro da boca, o que faz com que o movimento de sucção seja bastante eficiente e no entanto suave para os seus mamilos. Se não tiver a ser realizada uma técnica de sucção correta, significa que o bebé está a mamar apenas no mamilo, causando dor e danos à pele do mamilo.

Conseguir uma sucção correta irá permitir que aprecie a amamentação sem dor e irá prevenir problemas nos mamilos. No entanto, se os mamilos já estão doridos, aplique compressas frias para aliviar a dor, e experimente utilizar as nossas compressas Multi-Mam impregnadas com ingredientes nutritivos que promovem a cura.

Se a causa da dor é uma sucção incorreta, fale com uma consultora de lactação que poderá ajudá-la a experimentar e encontrar a posição correta.

A língua do seu bebé tem um freio curto

Problemas com a amamentação não significam necessariamente que a posição é o problema. Se o seu bebé tem o freio da língua curto, pode ser muito difícil para ele mamar corretamente. O termo médico para este problema é “anquiloglossia”. Isto acontece quando o frénulo (a faixa de tecido que liga a língua ao chão da boca) é demasiado curto e apertado, fazendo com que o movimento da língua seja limitado. Verifique com o seu médico se pensa que isto pode ser o caso do seu bebé, e será resolvido através de um procedimento muito simples: uma pequena incisão feita no tecido que segura a língua em baixo (o frénulo). Provavelmente irá reparar numa grande diferença, pois a língua do seu bebé ficará livre para se movimentar corretamente.

Infeção fúngica no mamilo

Se sente uma dor aguda nos seus mamilos entre cada mamada e estes estão vermelhos e brilhantes, poderá ter uma infeção fúngica. A infeção pode estar presente na boca do seu bebé também, onde poderá ver manchas brancas na língua e/ou no palato. Deve consultar o seu médico para determinar o diagnóstico correto. Irão provavelmente prescrever um tratamento antifúngico.

Mastites

Os sintomas de mastite geralmente aparecem em apenas uma mama. A sua mama poderá começar a ficar dorida, inchada, vermelha e quente ao toque. Por vezes, esses sintomas podem ser acompanhados de febre. A mastite geralmente desenvolve-se devido a complicações derivadas de ingurgitamento ou um ducto de leite entupido, e a bactérias que entram na mama e causam infeção. O tratamento inicial inclui compressas quentes, massagens suaves antes e durante as mamadas, e amamentar o maior número de vezes possíveis. Se os sintomas não melhorarem em 24 horas, deve procurar ajuda médica.

Ductos de leite entupidos

Se verificar que possui uma área dorida num dos peitos ou um nódulo de baixo dos seus dedos, poderá ter um ducto de leite bloqueado, devido a acumulação de leite. Isto geralmente acontece devido a pressão excessiva no peito, como por exemplo o seu soutien pode não ser o tamanho correto para si, ou se conduziu durante muito tempo o cinto de segurança causou muita pressão no seu peito. O tratamento é idêntico ao da mastite, por isso baseia-se em compressas quentes, massagem na mama e bastantes sessões de amamentação devem ser o suficiente.