Mastite

Cerca de 10% das mães irá experienciar inflamação do peito, intitulada de mastite. Existem dois tipos de mastite, infeciosa e não infeciosa. Amamentar é uma competência que se aprende, e uma técnica errada pode levar a que o leite fique preso no peito (causa principal de mastite).

Nas outras causas podemos incluir:

  • Ducto de leite entupido. Se um peito não é completamente esvaziado em cada sessão, um dos ductos de leite pode ficar entupido, fazendo com que o leite volte para trás, o que leva a uma infeção no peito.
  • Bactérias que entram pelo peito. As bactérias da superfície da sua pele e da boca do seu bebé podem entrar pelos ductos de leite através de uma greta ou ferida na pele do seu mamilo ou através da abertura de um ducto de leite. O leite estagnado num peito que não é retirado proporciona o terreno perfeito para as bactérias. As propriedades antibacterianas do seu leite ajudam a proteger o seu bebé da infeção.

Mastites acontecem mais frequentemente nos primeiros 6 meses de amamentação e pode fazer com que fique bastante cansada. Em combinação com stress e exaustão da tarefa de tomar conta do seu recém-nascido, poderá sentir que foi atingida por um “comboio”. Apesar disto poderá ser bastante desconfortável. As mastites na maioria dos casos são fáceis de tratar.

Como reconhecer uma mastite

Os sintomas começam geralmente num peito, poderá sentir dor, ou reparar que os seus peitos ficam vermelhos, duros, inchados e quentes ao toque. Se sentir um nódulo no seu peito, é provavelmente devido a um ducto de leite bloqueado. Poderá também experienciar sintomas idênticos à gripe, como febre, dor de cabeça, dor muscular e cansaço.

Se a dor começar a aumentar, se as glândulas no seu pescoço ou axilas incharem ou se tiver febre, consulte o seu médico para tratamento adequado.

O que causa mastite?

A mastite é frequentemente uma complicação do ingurgitamento, um entupimento de leite no peito. Isto acontece frequentemente nas primeiras semanas após o parto, enquanto o bebé ainda está a aprender a mamar, ou então quando salta uma sessão de amamentação (ex: se volta ao trabalho, ou se viaja). Uma fraca sucção é uma causa muito comum de ingurgitamento e consequentemente, de mastite, por isso assegure-se que o seu mamilo está posicionado corretamente na boca do seu bebé. Encoraje o seu bebé a esvaziar os peitos completamente enquanto amamenta, para prevenir entupimento de leite. Comece uma nova sessão de amamentação com o peito que terminou na anterior, para se assegurar que ficou completamente vazio.

Em vez de seguir um horário de amamentação com grandes paragens entre sessões, que pode fazer com que o leite se acumule e cause inflamação no tecido mamário, amamente o seu filho sempre que reparar nos primeiros sinais de fome (fica mais atento, procura o peito, suga e mexe mais os lábios). Uma boa amamentação pode fazer milagres em relação a protege-la de mastites e outros problemas desconfortáveis, como por exemplo mamilos doridos.

Ter pele gretada nos mamilos é uma porta aberta para micróbios, é assim que as bactérias ou fungos conseguem entrar no tecido mamário e causar infeção. Uma boa sucção irá permitir que o seu bebé mame sem lhe causar dor, mas se já se encontra com mamilos doridos e gretados, utilize compressas para mamilos que acelerem o processo de cura.

Qualquer pressão constante nos seus peitos podem levar a mastite, isto significa que um soutien que não lhe sirva apropriadamente, roupa apertada, um cinto de segurança ou dormir de barriga para baixo, podem provocar inflamação.

Dar ao seu bebé uma chupeta ou biberão antes de mamar foi identificado como outro potencial causador de mastite. Oferecer ao seu bebé uma chupeta cedo demais pode levar a confusão com o mamilo e faz com que o seu bebé rejeite o peito, e por isso interrompe a rotina de amamentação.

Como tratar mastites

O seu medico irá provavelmente prescrever-lhe antibióticos, que são geralmente muito eficazes no tratamento da infeção, mas existem outras coisas que pode fazer em casa para obter alívio e acelerar a recuperação.

Não pare de amamentar durante o episódio de mastite, não irá prejudicar o seu bebé e poderá ajudar a aliviar a pressão no peito inflamada. Antes de amamentar, aplique um pano quente limpo por cima do peito afetado durante 10-15 minutos. Isto irá ajudar a relaxar o tecido e a libertar o fluxo de leite. Uma massagem suave antes e durante a amamentação pode também ajudar com o fluxo de leite.

Fale com o seu médico, caso necessite de mais alívio da dor.